ATA 89 CRE 16 IPATINGA

26/08/2012 09:00

 

ATA  DA  89ª  (OTOGÉSIMA NONA) ASSEMBLEIA GERAL  ORDINÁRIA DO 16º CONSELHO REGIONAL ESPÍRITA DA 16ª REGIÃO , COM SEDE EM IPATINGA, MINAS GERAIS, REALIZADA NO GRUPO ESPÍRITA MARIA DE NAZARETH,  LOCALIZADO NA PRAÇA DO CRUZEIRO, 420, BAIRRO CRUZEIRO, EM SÃO DOMINGOS DO PRATA, MG – Aos vinte e seis dias do mês de agosto de dois mil e doze, às nove horas, iniciou-se a octogésima nona reunião do décimo sexto Conselho Regional Espírita  de Minas Gerais, região de Ipatinga, contando com a presença do senhor presidente, Carlos Roberto Corrêa, dirigentes de casas espíritas , presidentes de Alianças Municipais Espíritas, espíritas e simpatizantes da Doutrina Espírita da região. Hélio Dias de Assis,  representou a Casa anfitriã, deu as boas vindas aos visitantes  e fez a prece inicial, passando , em seguida, a palavra ao presidente do CRE. Carlos Corrêa iniciou sua fala, saudando a todos com entusiasmo. Explicou a dinâmica da  reunião, que ocorre a cada três do ano. Explicou a finalidade itinerante da reunião, a importância da sinergia e a troca de vibrações e experiências  entre os espíritas. É muito importante, frisou ele o acompanhamento das ações, além do congraçamento entre os irmãos. A seguir, deu notícias sobre a visita feita ao Grupo Espírita da cidade de Ferros. Explicou que a finalidade do CRE é a Casa Espírita e o objetivo é melhorar as atividades da mesma. A seguir, questionou: como estão nossas palestras públicas? As palestras públicas devem ser voltadas para o público, sempre com conteúdo espírita e a reunião pública deve ser bem feita, sem perca de tempo. Qualidade, conteúdo e conhecimento devem ser a tônica das reuniões. Quanto à Evangelização da Criança tem que haver um programa sério a ser seguido,um currículo que já existe e que precisa ser cumprido.Devem-se buscar fazer seminários para atualizar os evangelizadores e para se trocarem idéias e experiências. A Evangelização não é só cantar, tocar violão e contar histórias; é imperioso também se fazer um programa sólido, de conteúdo espírita para atender aos jovens. O presidente fez um apelo para que as casas  repensem e revejam a Evangelização Infantil, o ESDE e a Reunião Pública, com muita  atenção. A seguir foi feita a leitura da ata da reunião anterior e os participantes da reunião se dividiram em grupos.  Lucien Cosme Marques sugeriu uma reestruturação nas reuniões públicas, convidando pessoas capacitadas para falarem e atrair público. Simone Tassis  lamentou que estamos deixando as obras básicas, de Emmanuel e outros respeitáveis autores para lermos obras de encarnados. Disse que há assuntos fundamentais para se levar ao público e que estes têm ficado em segundo plano.  Nílson Costa lembrou que não devemos deixaras responsabilidades só para o presidente da Casa. Foi comunicado que o Encontro  Regional dos Conselhos passou para o dia vinte e quatro de novembro, nos horários de oito e trinta às dezoito e trinta horas, em Ipatinga. Para o ano de dois mil e treze, ficou marcado,  no dia seis de abril , haverá a reunião do COFEMG em Belo Horizonte; dia primeiro de setembro haverá encontro no Grupo Espírita Irthes Terezinha. No dia de ontem, vinte e cinco de agosto foi o encerramento da semana espírita da cidade de Timóteo com um seminário proferido por  Henrique Kemper, da União Espírita Mineira. O dia primeiro de setembro a palestra será sobre “O que é o Espiritismo”. A seguir, haverá palestra sobre  o livro Obras Póstumas. Futuramente vai haver palestras sobre Lèon Denis. Quando forem encerrados os estudos da Revista Espírita, de “O que é o Espiritismo” e Obras Póstumas,  Henrique Kemper vai fazer um seminário sobre  “A Revista Espírita”, previsto para o ano de dois mil e quatorze. Está previsto também o início do estudo sobre Lèon Denis, previsto para maio do ano vindouro. Foi comunicado  que a União Espírita Mineira tem procurado direcionar o estudo de “O livro dos Médiuns”. Foi feita a leitura da ata e passou-se à reunião dos grupos de trabalhos afins. Reunião dos dirigentes : Eva Cristina Pereira Lopes, da cidade de Ipatinga está organizando a Semana Espírita para os dias vinte e dois a vinte e sete de outubro e vai trazer o vice-presidente da FEB para este evento. Dia vinte e três de setembro será realizado o Emeizinho,  que é a preparação do encontro que ocorre no período  de Carnaval. Foi realizado mais um encontro  de casais e o pessoal de Governador Valadares pediu para que o relato deste encontro fosse levado para aquela cidade.  Anaíde Silveira Martins de Coronel Fabriciano disse que naquela cidade eles estão preparando a Semana Espírita para o período de dez a quatorze de setembro e o tema será: Perante a Eternidade. A Semana do Educador está marcada para Fabriciano no período de primeiro a sete de setembro. São palestras que circulam nas Casas. Dia vinte e cinco de setembro o Grupo Espírita roteiro para a paz completa trinta e sete anos e o Grupo Espírita Luz do Vale completa vinte e cinco anos. Sinval Borges comunicou que a Companhia de Teatro Lobore vai se apresentar no dia vinte de outubro em Ipatinga.  Quanto ao Estudo sistematizado da Doutrina Espírita, houve uma parceria com a juventude para sensibilizar as Casas para a aplicação do Programa do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE).Para os jovens, ficou  sugerido um seminário que unificasse as Casas e que os jovens estivessem inseridos nesta proposta . Frisou-se a urgência de se integrar o jovem na Casa.  Lucien Cosme Marques disse achar nobre o trabalho do Conselho; acha-o válido mas considera que o mesmo não foi feito para dar resultado imediato. Falou-se, a seguir, das dificuldades que algumas Casas Espíritas estão enfrentando em relação às creches e asilos para arcar com as despesas e manter estes atendimentos. Sugeriu-se montar um site orientando as Casas com palestras, artigos, seminários, divulgação e outros para orientação das Casas.  Passou-se a apresentação dos grupos.  1.Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE)  foi feita uma parceria com a juventude para o desenvolvimento desta tarefa. As Alianças Municipais Espíritas de Monlevade e de Rio Piracicaba vão se unificar . Foi pedido que se responda ao cadastro que a União Espírita Mineira elaborou. 2.Departamento de Assistência e Promoção Social (DAPSE)- Geraldo Rosalino de Paula ressaltou que a equipe falou sobre o Evangelho no lar,  Recepção na Casa Espírita  e Atendimento Fraterno. Fizeram uma reflexão sobre o capítulo XXI do livro Vida e Sexo –“Homosexualidade”.  A semana da Assistência Social será realizada no período compreendido entre  vinte e quatro e trinta de setembro, com o tema: “Fora da caridade não há salvação” .......................                        3. Departamento da Infância e Juventude ( DIJ) -  A reunião , nesta equipe iniciou com uma mensagem lida por Sílvia Soares e lida uma síntese das atividades do DIJ/ CRE.  Falou-se  sobre a reestruturação na dinâmica do DIJ nas Alianças. Foi  feita uma avaliação e  foram dados informes sobre o  I  Encontro do DIJ.  Foram apresentadas  propostas da Federação Espírita Brasileira e da União Espírita Mineira;  foram relatados acontecimentos das  Alianças e os informes  a) Estudo da Revista Espírita b) Encontro pólo c) Próxima Assembleia.  Bernard José de Assis fez a leitura do item I  da Separata do Evangelizador. Qual a importância da Evangelização infanto-juvenil na formação do terceiro milênio?  Elisabeth Silva Dias Fernandes explicou a importância de algumas literaturas, tais como:  orientação aos órgãos de unificação -  material  organizado pelas Alianças – atividades exitosas-  importância da Evangelização Espírita Infanto-juvenil-  Formação de um colegiado para o DIJ-CRE (os textos foram encaminhados para todos lerem, analisarem e contribuírem).  Revitalização do  DIJ  nas Casas Espíritas. Comentários e avaliação do I Encontro de Coordenadores do DIJ nas Casas Espíritas, troca de experiência entre as Alianças. Consideramos um momento riquíssimo. Foi solicitado muito dos gestores do DIJ em relação aos relatórios que devem ser produzidos. O coordenador precisa entender a importância de suas funções  administrativas e pedagógicas no DIJ (Apostila da Federação Espírita Brasileira). Referências para capacitação de coordenadores e evangelizadores: materiais da Federação e da União. Divulgação de sites para estudo e análise para ajuda na tarefa; materiais já produzidos. Cada aliança tentará fazer o registro para posterior consulta, para servir de referência. Aliança de Ipatinga: Solange Fórneas passou o relatório de atividades anuais: dia dois de setembro será a capacitação do DIJ de quatorze às dezesseis horas. Tema: A escola espírita de mãos dadas com a tecnologia. De vinte e dois a vinte e seis de outubro haverá a semaninha espírita do DIJ.   Aliança de Coronel Fabriciano: Marta de Lourdes Soares iniciou este ano, ajudou na elaboração da semana do Educador.  Aliança Timóteo: vinte e dois de outubro- semana da evangelização, sem tema definido. Vinte e quatro de novembro- Encontro de Evangelizadores, tema: “A prática pedagógica”. Aliança de João Monlevade, Hélio Dias de Assis falou das dificuldades da participação dos envolvidos. Representantes do DIJ: Hélio Dias de Assis e Berenice Brum Nascimento Penido.  Dias  21 a 23 de outubro haverá um encontro da juventude em São Domingos do Prata, com alojamento para os jovens. Tema: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Material repassado: cartazes, folder’s do DIJ Infância e Juventude. Finalizando, a União está trabalhando o Livro dos Médiuns. A  União quer também evitar a evasão dos jovens. É necessário integrá-los nas tarefas da Casa. O jovem sairá do movimento se não for bem encaminhado. Falou-se da questão de se quebrar as barreiras dos departamentos  e unificá-los. Fazer esta migração para formar o grande colegiado. Nada mais a tratar, lavrei a presente ata que, após lida e aprovada será assinada. São Domingos do Prata,26 de agosto de 2012. Gilza Maria Brum Nascimento-Secretária do Conselho.